Hortofruticultura Sanidade vegetal

35ª Informação do GT Estenfiliose – 12 a 19 de outubro

21 de outubro de 2020

O INIAV, I.P., como coordenador do GT Estenfiliose, informa que na semana 42 (12 a 19 de outubro) os resultados da monitorização foram os seguintes:

Número médio de conídios

O número médio de conídios / semana / cm2 / pomar diminuiu em todos os pomares monitorizados (gráfico 1).

O pomar da Sobrena foi o que apresentou o maior número médio de conídios por centímetro quadrado (2,9), seguiram-se os pomares da Maiorga (2,2), da Picanceira (1,9) e de Alcobaça (0,8).

Número médio de ascósporos

O número médio de ascósporos / semana / cm2 / pomar diminuiu no pomar da Sobrena e manteve-se nos restantes pomares monitorizados (gráfico 2).

Nesta semana, o pomar de Alcobaça foi o único a apresentar ascósporos (0,1).

Número médio de esporos

O número médio de esporos (conídios + ascósporos) / semana / cm2 / pomar diminuiu em todos os pomares monitorizados (gráfico 3).

O pomar da Sobrena foi o que apresentou maior número médio de esporos por centímetro quadrado (2,9), seguiram-se os pomares da Maiorga (2,2), da Picanceira (1,9) e de Alcobaça (0,9).

Comparação do número médio de esporos de 2019 em relação a 2020

Comparando o número médio de esporos / semana / cm2 / pomar de 2019 com os da mesma semana de 2020, verifica-se que os valores deste ano são inferiores 3,0 vezes no pomar de Alcobaça, 2,8 vezes no pomar da Maiorga, 2,7 vezes no pomar da Picanceira e 2,5 vezes no pomar da Sobrena (gráfico 4).

A responsabilidade do conteúdo desta informação é do INIAV, I.P.

O GT Estenfiliose agradece à AARA, APAS e CAMPOTEC a disponibilização dos pomares.

Entidades Financiadoras desta informação: