Agroalimentar Hortofruticultura Política Agrícola

COVID-19: Últimas novidades das organizações agrícolas

Os produtores de alimentos e os profissionais de saúde estão entre os trabalhadores mais importantes no combate à crise da COVID-19. Os pequenos produtores em toda a Europa são os que podem garantir a resiliência das suas comunidades e países, mas também estão entre os mais expostos e afectados pela crise.

Ao longo dos últimos meses, as organizações de agricultores familiares da Europa, filiadas na Coordenadora Europeia Via Campesina (CEVC), têm defendido a abertura dos mercados e feiras de proximidade, visto que, durante a primeira vaga da pandemia tornou-se claro que, através de uma reorganização apropriada dos espaços, nomeadamente com distâncias de segurança e o controlo de pessoas, é possível proteger a segurança dos consumidores e produtores, permitindo à população o acesso a alimentos saudáveis e locais. Além disso, ajuda a que as perdas económicas dos produtores locais não sejam tão avultadas devido à concorrência desleal com os canais de venda da grande distribuição.

Desta forma, torna-se crucial que nenhum país da Europa volte a encerrar os mercados e feiras e que se perceba o impacto negativo que tal medida tem na sociedade.

Como a situação da COVID-19 está em constantemente mudança, a CEVC decidiu usar a sua página para publicar as informações e actualizações dos seus membros e aliados, tanto da Europa quanto de outros continentes.

Consulte AQUI as novidades mais recentes das organizações de agricultores familiares da Europa, filiadas na CEVC.