Agroalimentar Agrociência

A necessidade de um mapa de subprodutos agroalimentares da zona EUROACE

Peles, sementes e lamas de depuração de tomate para indústria

Objetivos do projeto

No âmbito do projeto INNOACE elaborou-se um mapa dinâmico de subprodutos agroalimentares produzidos na zona EUROACE (euroregião constituída pelo Alentejo, Centro de Portugal e Comunidade Autónoma da Extremadura espanhola) para promover o seu posterior aproveitamento por parte das empresas interessadas. Para isso, estabeleceu-se uma cooperação tecnológica entre os centros participantes partilhando a informação recolhida.

As atividades do projeto centraram-se na localização, quantificação e caraterização dos subprodutos agroalimentares produzidos na zona EUROACE, diferenciando-se os diferentes tipos de subprodutos alimentares de origem vegetal provenientes de olival, vinha, fruteiras e hortícolas. Identificaram-se e georreferenciaramse os locais que geram estes subprodutos. Quantificou-se o volume e a temporalidade da produção do subproduto. Realizou-se também a avaliação da composição (frações com interesse vs. contaminantes).

O porquê desta iniciativa?

A dispersão geográfica da maioria das indústrias agroalimentares que existem na EUROACE, faz com que grande parte dos subprodutos não sejam reaproveitados, por se desconhecer a sua existência, ou então são transformados a grandes distâncias do local de produção pelos poucos agentes económicos que detetaram a sua existência. Este afastamento geográfico entre a área de produção e a possível área de reaproveitamento resulta por vezes na diminuição do potencial de utilização do subproduto (…).

Leia o artigo completo na edição de novembro 2020.

Autoria:

Cordeiro, A.I.1 | Moreno, L.3 | Espejo, A.3 | Machuca, S.3 | Almeida, T.4 | Santos, M.4 | Mondragão-Rodrigues, F.1,2 | Pacheco de Carvalho, G.1 & Sanchez, R.3

  • 1 Departamento de Ciências Agrárias e Veterinárias. Instituto Politécnico de Portalegre.
  • 2 MED, Universidade de Évora, Portugal
  • 3 CTAEX, Centro Tecnológico Nacional Agroalimentario Extremadura
  • 4 PACT, Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia

Subscreva a nossa publicação e receba mensalmente este e outros artigos: