Na primeira pessoa

” Uma evolução notável a nível de variedades “

(da esquerda para a direita) Gonçalo Pinto Coelho, Amândio Magrinho, Paulo Bártolo (produtor), Paulo Leite e Rogério Gomes.

Gonçalo Pinto Coelho, técnico agrícola da Primohorta

Uma evolução notável a nível de variedades sobretudo à resistência a algumas doenças além da melhoria de parâmetros quantitativos e qualitativos

“Outro aspeto prende-se com a resposta à necessária mecanização da cultura, tanto na sementeira como na colheita / embalagem. A Vilmorin, enquanto empresa obtentora de sementes, tem conseguido acompanhar estas exigências com a grande vantagem, de apresentar variedades de estação e contra-estação, altamente produtivas e que trazem um produto final de qualidade acima da média. Soma-se ainda o acompanhamento que a própria empresa – Vilmorin – e o distribuidor na região – Eucligomes – também proporcionam à associação e aos agricultores”.

 

Paulo Leite, sócio-gerente da Primohorta

Um aumento substancial da qualidade da cenoura nos últimos anos

“A Primohorta é uma Organização de Produtores com 20 anos e que traçou um percurso que tem procurado consolidar o negócio da cenoura da melhor forma, quer em termos de segurança alimentar, quer da própria qualidade do produto a fornecer. Com a colaboração de toda a fileira tem-se verificado um aumento substancial da qualidade da cenoura nos últimos anos com capacidade para rivalizar com outros países produtores e de dar resposta à exigência dos mercados, nomeadamente o alemão que pede resíduo zero. Na Primohorta a estratégia é estar nesse nível e como tal todos os anos 30% da produção é exportada para a Alemanha”.

 

Rogério Gomes, responsável pela Eucligomes

Esta zona de produção tem cerca de 700 hectares de cenoura e que enfrentam algumas dificuldades

“Sobretudo resultantes da retirada de produtos do mercado, quando em contrapartida existem LMR a cumprir. A Vilmorin, é “líder de mercado” e é assim que a Eucligomes também se considera, na linha da frente com várias variedades novas como a ‘Suenio’, ainda pré-comercial mas já a demonstrar grande potencial”.

 

Amândio Magrinho, delegado comercial da Vilmorin Iberica SA

Variedades como a ‘Maestro’, ‘Soprano’ ou ‘Exelso’ são já referências para o setor

Leia o artigo completo na edição de novembro 2020.

Artigo relacionado:

“Suenio” é a nova aposta da Vilmorin no mercado português