Na primeira pessoa

” Relação entre ciência e sociedade tem sido exemplar “

Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

“Portugal tem hoje metade dos jovens no ensino superior, não chega. Temos de ter mais. Portugal cresceu muito no esforço de investigação, mas não chega. Temos de fazer mais, a situação vivida em Portugal não é atípica do resto do mundo.

Nas diferentes partes do mundo, há uma crescente desconfiança face aquilo que é o conhecimento científico e, por essa razão, é fundamental que a relação entre a ciência e a sociedade se torne mais resiliente. Esta resiliência que temos de criar só se pode fazer com mais educação, com perguntas melhores e uma relação de maior abertura dos cientistas para a sociedade e da sociedade para a ciência.

O fortalecimento da relação entre a sociedade e a ciência permitirá encontrar uma situação de maior equilíbrio entre a atividade económica e a preservação do ambiente. Isto tem tudo a ver com a pandemia, porque a pandemia resultou de um desequilíbrio entre a atividade económica e o nosso planeta terra e esse equilíbrio passa por termos atividades económicas e sociais mais sustentáveis e uma sociedade com mais ciência, mais confiança no conhecimento e com mais conhecimento.”

Extrato de uma comunicação no final do 30.º aniversário do Centro de Biotecnologia e Química Fina da Universidade Católica do Porto, no Porto dia 24 novembro 2020.