Bio Hortofruticultura

Como plantar brócolos orgânicos em casa

Os brócolos são um alimento rico em proteína, ferro, cálcio, vitaminas, minerais e bioflavonóides

Os brócolos são um alimento que tem se tornado cada vez mais popular, deixando o estereótipo de inimigo das crianças e sendo incorporado aos cardápios de escolas, restaurantes e até mesmo às cozinhas de grandes chefs. Além de saboroso, os brócolos são um alimento rico em proteína, ferro, cálcio, vitaminas, minerais e bioflavonóides, ou seja, um produto essencial para quem busca uma alimentação saudável e rica em nutrientes. Os brócolos orgânicos conseguem manter as propriedades do alimento intactas, evitando que os defensivos químicos e demais produtos sintéticos afetem o bem estar do consumidor.

Uma das principais vantagens do brócolos é que os mesmos podem ser plantados em diversos ambientes, sendo esses externos ou até mesmo internos. Muita gente pergunta se tem como plantar brócolos orgânicos em pequenos vasos. A resposta é que sim, essa é uma opção viável para quem pratica a agricultura urbana ou para quem mora em pequenos espaços, como apartamentos. O processo de plantio é simples, mas exige cuidados, pois o brócolos são sensíveis às variações de temperatura.

Os brócolos são um alimento de baixo custo de produção, portanto, pode ser uma oportunidade para quem pretende começar a investir em plantação orgânica.


Sementes e mudas

Antes de começar o processo de plantio é importante escolher as sementes ideais, adequadas à estação do ano em que será realizado o plantio e pertencentes ao tipo de brócolos desejados.

As sementes podem ser colocadas diretamente nos canteiros ou pode-se preparar mudas, para que seja realizada uma pré-seleção das melhores plantas antes de serem transplantadas.

As sementes devem ser depositadas em covas com profundidade de 0,5cm a 1cm, e devem ser cobertas com terra e matéria orgânica. Cada cova deve conter 2 ou 3 sementes. Em caso da produção de mudas, o transplante deverá ser realizado quando surgirem de 4 a 6 folhas definitivas e fortes, o que significa que a planta está com raízes que suportam esse transplante.


Solo

O solo adequado ao plantio de brócolos orgânicos deve ser pesado, bem drenado, rico em matéria orgânica e deve ser, acima de tudo, um solo fértil com pH variando entre 6 a 7. Contudo, os brócolos são um alimento que necessita de altas quantidades de Boro e Molibdénio para se desenvolver vigorosamente, caso o solo não possua tais características, é importante o agricultor utilizar adubos orgânicos para alcançar o equilíbrio. Recomenda-se, para o plantio de grandes áreas, fazer análise química do solo e procurar um Engenheiro Agrónomo para indicar a adubação adequada.


Espaçamento

Ao calcular o espaçamento, o produtor deve ter em mente que, quanto mais distância houver entre as plantas, maior será o tamanho dos brócolos e dos galhos, pois o mesmo terá espaço para se desenvolver. Mas plantas em espaços menores conseguem produzir mais rápido, desde que seja respeitado o espaço mínimo necessário. Entre cada planta é preciso um espaçamento de 30cm a 60cm, já entre as linhas de plantio é recomendado que o espaçamento tenha no mínimo 60cm e no máximo 1m de distância.


Clima

Os brócolos são um alimento de regiões europeias, portanto, está acostumado com climas mais amenos. A temperatura ideal para o desenvolvimento da planta é de 6°C até 23°C. Acima de 27°C os brócolos do tipo ninja não conseguem se desenvolver, já o tipo ramoso suporta temperaturas de até 28°C e se desenvolvem sem problema algum. Estar atento ao clima durante o processo de plantio é essencial, pois evita que variações térmicas impeçam o desenvolvimento da planta.


Iluminação

Outro fator importante no plantio de brócolos orgânicos é estar atento à quantidade de luz que a planta receberá. Em ambientes domésticos é necessário deixar o vaso em lugares que recebam alta luminosidade. Já em canteiros e hortas orgânicas os brócolos devem receber algumas horas diárias de luz solar. Estufas com controle de luminosidade são uma opção para quem não consegue atingir os valores mínimos de iluminação.


Irrigação

A irrigação dos brócolos deve ser realizada com muito cuidado, pois o solo deve manter-se húmido, porém sem encharcar. O excesso de água aumenta a proliferação de bactérias e doenças, portanto, deve ser evitada. Caso seja necessário, é possível a instalação de irrigação por gotejamento, método esse que mantém o solo húmido, evita o encharcamento do solo e evita o desperdício de água.


Tratos culturais

O transplante e a colheita devem ser realizados ao final da tarde, com o solo bem irrigado, pois a planta é bem sensível. Além disso, o produtor deve ficar atento à presença de plantas invasoras e insetos que venham a surgir. Conferir os pés dos brócolos regularmente aumenta o controle e possibilita a prevenção de doenças.


Colheita

O tempo de colheita varia entre os tipos de brócolos, os brócolos do tipo ninja pode ser colhidos entre 75 e 100 dias após a semeadura. Já os do tipo ramoso tem um período mais curto para a colheita, variando entre 60 e 90 dias. Os brócolos de rama oferecem a vantagem de ser mais produtivo, pois possuem inflorescências em intervalos de 5 a 10 dias até o final da floração, rendendo mais que os brócolos de cabeça.

Vale ressaltar que a colheita dos brócolos orgânicos deve ser feita com muito cuidado, principalmente nos pés do tipo ramoso, visto que estes suportam apenas 18 horas após a colheita, não podendo serem armazenados por muito tempo.

Os brócolos orgânicos são um alimento versátil e que agrada à todos, portanto, nada melhor que oferecer à sua família um produto de qualidade e que seja rico em nutrientes de verdade. O consumo de industrializados tem prejudicado cada vez mais a saúde das pessoas, portanto, pensar em consumo orgânico é também pensar na sua saúde a longo prazo. O método de como plantar brócolos orgânicos pode ser a porta de entrada para esse mundo sustentável, pois além de ser prático, é um alimento popular e muito saboroso.

Artigo de acordo com o especialista em Agricultura Orgânica Thiago Tadeu Campos.