Política Agrícola

Boletim Mensal da Agricultura e Pescas: janeiro de 2021

Breve síntese sobre a evolução da produção e dos preços na agricultura e pescas

Previsões Agrícolas

As previsões agrícolas, em 31 de dezembro, apontam para uma redução de 25% na produção de azeitona, ainda que a precipitação dos últimos meses tenha compensado parte da quebra na carga de frutos (resultante dos fracos vingamentos).

Nos cereais de inverno, as sementeiras registaram alguns atrasos em consequência do alagamento dos solos, mas não se esperam diminuições significativas nas áreas instaladas. No trigo mole, triticale, centeio e aveia, a área semeada deverá ser semelhante à da campanha anterior, prevendo-se que no trigo duro ocorra uma redução de 5%.

 

Gado, aves e coelhos abatidos

O peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em novembro de 2020 foi 39 811 toneladas, o que correspondeu a um acréscimo de 2,9% (-5,2% em outubro), devido ao maior volume de abate registado nos bovinos (+17,7%) e caprinos (+36,4%). O peso limpo total de aves e coelhos abatidos e aprovados para consumo foi 30 350 toneladas, o que representou um aumento de 3,2% (-7,8% em outubro), devido ao maior volume de abate registado nos galináceos (+2,6%), perus (+7,3%), patos (+5,9%) e coelhos (+3,5%).

Produção de aves e ovos

O volume de frango diminuiu 7,5%, com uma produção de 26 004 toneladas (-11,3% em outubro), tendo o número de cabeças sido também inferior em 9,4% (-12,5% em outubro). A produção de ovos de galinha para consumo registou um acréscimo de 8,1% (-7,7% em outubro) com 10 492 toneladas produzidas.

Produção de leite e produtos lácteos

A recolha de leite de vaca foi 146,6 mil toneladas, representativo de um aumento de 1,0% (+0,8% em outubro). Os produtos lácteos tiveram um decréscimo global de 0,8% (+2,5% em outubro), devido à menor produção de leite para consumo (-2,7%) e de queijo de vaca (-3,7%).

Pescado capturado

O volume de capturas de pescado em Portugal diminuiu 13,5% (-21,5% em outubro), facto justificado pela menor captura de peixes marinhos, sobretudo cavala, mas também de tunídeos. Às 9 031 toneladas de pescado correspondeu uma receita de 20 416 mil euros, valor que representou um acréscimo de 17,5% (-5,8% em outubro).

O preço médio do pescado descarregado foi 2,20 Euros/kg, ou seja, um aumento de 36,0% (+21,0% em outubro).

Preços e índices de preços agrícolas

Em dezembro de 2020, as variações mais significativas, em módulo, no índice de preços de produtos agrícolas no produtor foram observadas na batata (+37,9%), frutos (+18,6%), azeite a granel (+18,2%), suínos (-24,4%), ovos (-16,8%) e hortícolas frescos (-14,7%).

Em comparação com o mês anterior, as variações de maior amplitude verificaram-se na batata (+16,1%) e plantas e flores (+6,9%).

Em setembro de 2020, o índice de preços de bens e serviços de consumo corrente (INPUT I) não registou qualquer variação enquanto que o índice de preços de bens e serviços de investimento (INPUT II) aumentou 1,6%. Relativamente ao mês anterior assistiu-se a um decréscimo de 0,2% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente, enquanto que no índice de preços de bens e serviços de investimento não houve alteração.

→ Consulte aqui os documentos.