Na primeira pessoa

« É fundamental que se consiga fazer o caminho em conjunto » rumo à neutralidade carbónica

João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente e da Ação Climática

“É fundamental que se consiga fazer o caminho em conjunto até atingir a neutralidade carbónica em 2050 e, antes disso, conseguir uma redução de 55% nas emissões até 2030.

É mesmo bom que cada país, dentro daquilo que pode fazer, tenha um compromisso muito sério para não ficar à espera que o país do lado o compense nas suas emissões. Quem está mais longe é também quem menos fez» na descarbonização da economia e na procura de uma transição energética para fontes limpas.

Posso garantir-vos que tudo faremos para que haja lei do clima no final deste semestre, mas não ponham a questão como se fosse só minha ou do conselho.”

Extrato da comunicação durante uma audição virtual com a comissão do Parlamento Europeu para o Ambiente.