EMPRESAS & PRODUTOS Hortofruticultura Inovação

“Não existem marcas fortes com produtos de alfarroba. É aí que entra a Grand Carob”

Foto: Gonçalo Villaverde

É de inovação que se fala quando se aborda a Grand Carob. Uma marca que pegou num produto bem tradicional, a alfarroba, e o levou para o patamar das bebidas vegetais.

〈 15/12/2020 〉

A Grand Carob é uma ideia recente que partiu de Nuno Alves, que cresceu no Algarve, mas na altura residia no Reino Unido, quando por razões de saúde necessitou de fazer uma dieta sem glúten e sem lactose. Bem a par do que existia no mercado e depois de analisar todas as características funcionais da alfarroba, percebeu a oportunidade de utilizar este recurso tão português.

Foi o próprio que desenvolveu a primeira bebida, depois de ter estabelecido contacto com os vários intervenientes da fileira. Hoje sabe que “embora seja uma cultura bastante rústica também envolve inúmeras variáveis ao longo de todo o processo que muitas vezes o tornam desafiante”.

Para atingir os seus propósitos Nuno Alves criou a Grand Carob, uma start-up sediada na Universidade do Algarve, mais concretamente no CRIA – Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia – onde é feito o desenvolvimento de produtos.

Neste momento ainda com uma estrutura reduzida está associada a uma rede de parceiros em diferentes áreas para ajudar a desenvolver a marca. O responsável define-a como urbana, de origens rurais que desenvolve e comercializa produtos inovadores a partir de alfarroba no seu natural e não derivados da farinha de alfarroba”.

Neste momento a bebida de alfarroba está disponível em qualquer loja da rede de supermercados Apolónia, na Delta Q (Lisboa e Porto) e prepara-se para muito em breve entrar no grupo SONAE. Foi também este produto que Nuno Alves candidatou ao Prémio Intermarché Produção Nacional, sagrando-se vencedor na categoria ‘Ideias com Potencial’. Vencer este prémio pode ser a oportunidade que faltava para conseguir colocar o produto de norte a sul do país, admite o empreendedor.

Foto: Gonçalo Villaverde

Reconhece que “ é desafiante lançar uma nova categoria de mercado de bebidas vegetais, quando o sabor da bebida tem tido um ótimo feedback mas não é possível oferecer amostras aos nossos clientes devido à pandemia”.

A Grand Carob está a começar pelas bebidas vegetais, mas já há produtos desenvolvidos noutras categorias, sendo o objetivo alcançar uma gama alargada, sempre à base de alfarroba e com o caráter inovador de trazer algo diferente para o mercado.

A matéria-prima é toda de origem nacional, até porque um dos grandes objetivos da Grand Carob é valorizar a alfarroba portuguesa, sabendo que Portugal é seu o maior produtor mundial. No entanto, “não existem marcas fortes, com produtos diferenciados feitos de alfarroba. É aí que entra a Grand Carob, para valorizar um recurso que é muito nosso e criar mais valor a partir dele”.

A concluir, Nuno Alves lamenta que Portugal continue a falhar nos apoios palpáveis ao desenvolvimento de start-ups, ainda assim assume ter sido a primeira startup algarvia alavancada pelo IFD através de business angels). Foi esse financiamento que lhe permitiu começar a crescer. No caso concreto do seu mercado acredita que uma certificação dos benefícios da alfarroba para que possam ser transmitidos ao consumidor poderia ser bastante útil.

Artigo completo publicado na edição de dezembro 2020.

 

Outros artigos relacionados:

A cultura da alfarrobeira no Alentejo