Bio EMPRESAS & PRODUTOS Hortofruticultura

TRIPOL – Polinização natural para fruteiras

Tripol em amendoeira e Tripol em ameixeira

A Koppert Biological Systems disponibiliza abelhões da espécie Bombus terrestris para a polinização natural de culturas com as colmeias TRIPOL. Os abelhões das colmeias TRIPOL são altamente eficazes para a polinização de diversas fruteiras, tais como: Amendoeira, Ameixeira, Cerejeira, Damasqueiro, Groselha, Kiwi, Macieira, Mirtilo, Morangueiro e Pereira.

TRIPOL está concebida para resistir a intempéries, proporcionando uma excelente proteção e ventilação que permitem que os abelhões trabalhem mesmo nas condições mais adversas. No seu interior aloja três colónias de abelhões, cada uma delas com a sua respectiva rainha e aproximadamente 120 a 130 obreiras por ninho, tendo assim cada TRIPOL um mínimo de 350- 400 obreiras.

Uma boa polinização depende de numerosos factores, incluindo a estrutura da planta, nutrição, produção de pólen e presença suficiente de insectos polinizadores. O período de floração dura apenas umas semanas e, durante este prazo limitado, devemos promover as melhores condições para uma boa polinização, não deixando nada ao acaso.

Tripol em mirtilo e Tripol em macieira

Os abelhões possuem numerosas vantagens comparativamente às abelhas, especialmente no Inverno-Primavera, épocas em que as condições climáticas do nosso país são extremamente variáveis e irregulares, existindo muitos dias com condições adversas para o adequado funcionamento das segundas.

Porquê escolher TRIPOL?

1. TRIPOL assegura uma boa polinização sob condições climáticas desfavoráveis. · Os abelhões estão activos a partir de 8°C, enquanto que as abelhas se mostram activas a partir dos 15°C; · Os abelhões trabalham com dia nublados ou com pouca iluminação, as abelhas não; · Os abelhões voam em dias de vento forte até 70km/h, as abelhas deixam de voar quando os ventos alcançam os 30km/h.

2. Os abelhões carecem do sofisticado sistema de comunicação das abelhas, pelo que não acontecerá a deriva das populações até outras parcelas que apresentem culturas mais atrativas.

3. Os abelhões são polinizadores muito mais eficientes do que as abelhas. Têm uma maior tendência de ir de uma árvore para outra após ter visitado um pequeno número de flores em cada uma. As abelhas visitam um menor número de árvores em cada uma das suas saídas, pelo que às vezes apenas visitam as árvores polinizadoras ou a variedade, não realizando a necessária polinização cruzada. Os abelhões visitam mais flores em cada saída e trabalham mais rápido, podendo visitar o dobro de flores no mesmo período que as abelhas.

4. Ao contrário das abelhas, os abelhões polinizam também por zumbido, necessário para libertar pólen em algumas culturas como o mirtilo e a groselha negra.

5. Os abelhões são seguros para si e para os seus colaboradores porque encontram-se presentes em menor número na cultura, são menos agressivos, não atacam de forma solidária e raramente picam.

6. TRIPOL permite o seu manuseio por qualquer operário, sem necessidade de recorrer a mão de obra especializada. Fácil de fechar e abrir, assim como de transportar para outras parcelas.

7. TRIPOL é também ideal para uso combinado com abelhas.

Saiba mais em: www.koppert.com

Artigo completo publicado na edição impressa de março 2021 ↓ clique aqui ↓ subscreva a nossa revista mensal: