Sanidade animal

Câmara de Macedo de Cavaleiros paga 50% dos gastos dos criadores de gado com a sanidade animal

O município de Macedo de Cavaleiros vai comparticipar em 50% a sanidade animal do gado do concelho, através da subsidiação das vacinas obrigatórias.

A medida já estava prevista desde o ano passado mas torna-se ainda mais importante face às quebras no escoamento da produção relacionadas com o contexto covid-19, em que restaurantes e mercados estiveram encerrados cerca de dois meses, o que deixou os criadores com os animais em casa e sem receitas.

“É uma forma de ajudar os nossos agricultores. Estava previsto iniciar no princípio do ano mas a prática diz-nos que a vacinação costuma ser em fevereiro e março. Desde que vacinem os seus animais basta passar na câmara para serem ressarcidos”, explicou Rui Vilarinho.

No concelho há um efetivo de 20 mil animais e mais de 300 produtores de gado. “O investimento da autarquia deve andar entre os 20 e os 30 mil euros. É uma ajuda para continuar nos próximos. É mais uma forma de ajudar a nossa agricultura”, acrescentou.

Fonte: Mensageiro de Bragança