EMPRESAS & PRODUTOS

Iberdrola e Bayer com acordo para fornecimento de eletricidade 100% renovável por 10 anos

Iberdrola e Bayer avançam em seu compromisso ambiental e fecham um acordo de fornecimento de eletricidade 100% renovável por 10 anos

  • O acordo reforça a estratégia renovável da Iberdrola, que contempla a assinatura de contratos bilaterais para promover um fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis com grandes clientes comprometidos com um consumo sustentável
  • Com a assinatura desse acordo de longo prazo, a Bayer reforça seu compromisso com a sustentabilidade, garantindo eletricidade verde para todos os seus centros na Espanha, entre os quais 3 unidades de produção, 5 centros de Pesquisa e Desenvolvimento e as instalações centrais para toda a região Iberia
  • Acordos como o anunciado por ambas as empresas, visam oferecer uma contribuição considerável para a consecução dos objetivos estipulados em termos de neutralidade climática até 2050, mediante um sistema elétrico na Espanha 100% renovável

A Iberdrola e a Bayer unem esforços para fazer a transição para uma economia verde através da assinatura do primeiro contrato de compra e venda de eletricidade de longo prazo (PPA – Power Purchase Agreement) entre uma companhia energética e outra farmacêutica na Espanha, produzida por fontes de geração limpa.

A Iberdrola fornecerá eletricidade 100% renovável para satisfazer a totalidade da aquisição de eletricidade dos 9 centros da Bayer na Espanha, incluindo 3 fábricas, 5 centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e os escritórios centrais da empresa para a região Iberia.

Essa iniciativa se tornará efetiva em 100% desses centros a partir de 2022 e durante dez anos, através da energia gerada pela usina fotovoltaica Francisco Pizarro – a maior instalação fotovoltaica projetada atualmente na Europa – que a Iberdrola construirá em Extremadura e para a qual já possui a aprovação do impacto ambiental (DIA). Até esse momento, o acordo contempla um ‘contrato do tipo ponte’ onde a Bayer realiza a partir de agora um consumo elétrico total sem emissões e com garantia de origem renovável (GDO).

Com tal acordo, a Iberdrola e a Bayer continuam contribuindo conjuntamente para a transição rumo a uma economia verde, após o PPA assinado recentemente entre ambas as empresas no México, e através do qual a empresa farmacêutica consome energia verde gerada pelo parque eólico terrestre Santiago (105 MW), localizado no estado de Guanajuato.

A parceria reforça a estratégia renovável da Iberdrola, que contempla a assinatura de contratos bilaterais que promovam um fornecimento de energia com preços competitivos e estáveis com grandes clientes comprometidos com um consumo sustentável.

“Através dos PPAs, muitas oportunidades se abrem para o desenvolvimento de projetos renováveis que estão transformando o presente e o futuro energético da Espanha, contribuindo para a transição rumo a uma economia verde. Esses contratos de compra e venda de energia de longo prazo proporcionam estabilidade aos investimentos da companhia, assim como se tornaram uma excelente ferramenta para a gestão do fornecimento elétrico de grandes consumidores, comprometidos com um consumo limpo e sustentável. Os PPAs também demonstram a competitividade das energias renováveis e sua capacidade para fornecer energia a preços acessíveis e estáveis no longo prazo”, explica Eduardo Insunza, diretor global de Grandes Clientes da Iberdrola.

A Bayer, que anunciou no final do ano passado seu compromisso de atingir uma pegada neutra no que se refere às suas emissões em todo o mundo até 2030, está avançando localmente com esse acordo que representa um grande passo em sua contribuição para a neutralidade climática. Além disso, a empresa está analisando e adaptando suas instalações para dispor de espaços mais eficientes e que favoreçam um melhor uso e aproveitamento dos recursos, sendo esta outra das prioridades onde a Bayer concentra seus investimentos e esforços. Segundo Laura Dieguez, diretora de Comunicação, Assuntos Públicos Corporativos e Sustentabilidade, “medidas como esta nos ajudam a avançar no compromisso da Bayer com a sustentabilidade através de medidas concretas que ajudam a reduzir nosso impacto ambiental. A colaboração com especialistas como a Iberdrola materializa esse compromisso de forma quase imediata, ao mesmo tempo que contribuímos para o desenvolvimento da infraestrutura necessária no país para construir um futuro mais verde e ecológico”.


TECNOLOGIA COMPETITIVA PARA MITIGAR O AQUECIMENTO GLOBAL:

A energia 100% renovável que a Iberdrola fornecerá às instalações da Bayer na Espanha virá do projeto Francisco Pizarro, a maior usina fotovoltaica projetada atualmente na Europa, com uma potência instalada de 590 MW.

Localizada entre os municípios de Torrecillas de la Tiesa e Aldeacentenera em Cáceres (Extremadura), o projeto já conta com a aprovação do impacto ambiental (DIA) e gerará energia limpa suficiente para abastecer anualmente uma população equivalente a 375.000 pessoas, cifra superior aos habitantes das cidades de Cáceres e Badajoz. Uma vez em funcionamento em 2022, a usina evitará anualmente a emissão na atmosfera de 245.000 toneladas de CO2, reforçando a competitividade dessa tecnologia para a proteção do ambiente e a mitigação do aquecimento global.

Mais além de sua contribuição ambiental, o novo investimento nesse projeto fotovoltaico – que atingirá a cifra aproximada de 300 milhões de euros – ajudará a reativar a cadeia de valor e a criação de emprego na comunidade, com a participação de mais de 1.000 profissionais.

Francisco Pizarro faz parte do plano de investimento em energias renováveis da Iberdrola em Extremadura, que prevê a instalação de aproximadamente 2.000 MW verdes até 2022, o que converterá a região em um dos pilares centrais de sua estratégia renovável na Espanha.