Floresta

Prémio de 50 mil euros para incentivar boas práticas florestais

O Prémio Nacional das Florestas, de periodicidade bianual, foi outras das medidas aprovadas no Conselho de Ministros dedicado às florestas realizado no passado dia 4 de março.

〈 05/03/2021 〉

Este prémio – no valor de 50 mil euros – visa, segundo o comunicado divulgado do CM, «a dinamização e divulgação do conhecimento produzido na área da floresta, das técnicas e boas práticas de gestão florestal e da boa informação; a promoção da resiliência dos territórios e a valorização sustentável dos seus ativos, mobilizando a sociedade e o desenvolvimento de processos colaborativos; e o reforço da consciência cívica sobre o valor dos territórios florestais».

Sobre este prémio, João Pedro Matos Fernandes acrescentou que o mesmo será «muito focado na ciência e na divulgação».

O Conselho aprovou ainda medidas relativas à proteção civil no âmbito da reforma florestal, que foram também apresentadas na conferência de imprensa do Conselho de Ministros, que se seguiu a uma declaração do Primeiro-Ministro António Costa e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Artigo relacionado: 

Comunicado do Conselho de Ministros de 4 de março de 2021