Política Agrícola Rega

Dia Mundial da Água

Maria do Céu Antunes, Ministra da Agricultura

〈 22/03/21 〉

“Hoje assinala-se o Dia Mundial da Água. Embora me encontre em Bruxelas, num momento crucial da negociação da reforma da Política Agrícola Comum, foi com muito gosto que deixei uma mensagem no âmbito do 15.º Congresso da Água, procurando relembrar um princípio básico, mas que importa ter bem presente, designadamente no atual contexto, em que os efeitos das alterações climáticas trazem muitos desafios: a água é essencial à vida. E, no caso específico da agricultura, a precipitação tem uma importância vital na produção dos nossos alimentos.

Falamos de desafios que vieram evidenciar o papel do regadio, essencial na diminuição da imprevisibilidade associada à atividade agrícola, contribuindo, assim, para assegurar a estabilidade do rendimento, para a coesão socioeconómica, para a resiliência dos territórios e para a atratividade e dinamismo das regiões.

E não tenhamos dúvidas: as políticas públicas, também neste domínio, têm de ser complementares e pedem um olhar holístico e integrador. O processo de conceção e implementação tem de ser inclusivo e colaborativo. Só assim poderemos ter perspetivas de longo prazo e baseadas num compromisso coletivo. Porque, sim, a Água, como recurso precioso e escasso, num contexto que pede uma gestão eficiente, é uma matéria que diz respeito a todas e a todos.”


Artigo relacionado: 

15º Congresso da Água: Para uma política da água em Portugal – o contributo da APRH