Agropecuária EMPRESAS & PRODUTOS

Projeto da Quinta da Beata faz produção personalizada de queijos de cabra

A Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo (DRAP LVT), enquanto Ponto Focal da Rede Rural Nacional, apresenta o projeto da Quinta da Beata, uma exploração de caprinos de leite que desenvolve a produção de queijos de personalizada e individual, com intuito de manter o processo natural e artesanal, tanto nos queijos frescos como nos curados.

〈 01/04/21 〉

A Quinta da Beata – Sociedade Agropecuária – Sag – surgiu em 2003 e situa-se na freguesia do Tramagal, em Abrantes. O projeto foi iniciado por dois jovens irmãos com formação em zootécnia que decidiram apostar os seus conhecimentos e gosto pela atividade.

Começaram com um efetivo de 120 produtoras, ordenhadas, todos os dias, manualmente por eles e, ao longo dos últimos anos, cresceram de forma sustentada, construindo o que hoje é uma exploração com 600 produtoras, 200 pré-produtoras, uma ordenha automática de 36 pontos.

Conheça este projeto, identificado pelo Ponto Focal de Lisboa e Vale do Tejo da Rede Rural Nacional, no seu trabalho de promoção e divulgação de iniciativas relevantes no âmbito da agricultura e do desenvolvimento rural, onde se enquadram Projetos inovadores com resultados potencialmente transferíveis para outros projetos, setores ou regiões e Projetos com impacto económico e/ou social no setor e/ou na região onde se enquadram.