Na primeira pessoa

❝ As ajudas ligadas salvaguardam a competitividade do milho ❞

Eduardo Oliveira e Sousa • Presidente da CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal

〈 24/04/21 〉

Que áreas-chave de atuação julga fundamentais implementar para aumentar a competitividade da produção nacional de milho?

“No âmbito do Dia Mundial do Milho ocorre-me pensar na sua importância. Se ao milho é dedicado um dia à escala planetária, não deverão ser necessários muitos argumentos para provar tal evidência.

De facto, é um dos cerrais mais cultivados em todo o mundo, pela sua versatilidade e múltiplas aplicações. Consumo humano, em fresco ou em grão, consumo animal, produção de energia, biomassa, demonstrando o seu potencial no espectro produtivo internacional.

Entre nós, quase exclusivamente cultivado em regadio, se devidamente escolhida a terra, a técnica cultural e a utilização equilibrada dos factores de produção, origina resultados que o colocam na vanguarda das culturas preferidas pelos agricultores.

Importa, contudo, evidenciar a gigantesca evolução das tecnologias hoje disponíveis e utilizadas pelos agricultores, em particular os que de forma mais profissional se dedicam ao seu cultivo, numa salutar utilização sustentável e equilibrada dos recursos naturais, como a água ou o solo, e assim se manterem competitivos no agreste mundo negocial de comércio livre em que o milho se insere.

Mas nem tudo são rosas. À nossa condição de país periférico, acrescem os desmesurados custos de produção, com destaque para a energia eléctrica e diesel, o que nos leva a enaltecer a importância dos apoios no âmbito da PAC, como as ajudas ligadas, que servem de incentivo e salvaguarda da manutenção de rendimentos e competitividade, além de um muito importante reforço da nossa soberania alimentar e um forte contributo para a minimização da dependência do exterior”.


Depoimento no âmbito do “Dia Internacional do Milho” (24 de abril) promovido pela Anpromis ↔ saiba mais aqui.

Relacionado: 

Dia Internacional do Milho: dia 24 de abril

 

    • Subscreva aqui a nossa revista mensal: