Vinha & Vinho

Plano de sustentabilidade para os vinhos e as vinhas

O grande desafio da AVIPE para os próximos anos será a implementação de um plano de sustentabilidade para os vinhos e as vinhas

A Associação de Viticultores do Concelho de Palmela – AVIPE – acompanha uma área aproximada de 4 000 hectares de cerca de 300 agricultores, numa região que permite que as vinhas sejam totalmente mecanizadas, conforme descreve Miguel Cachão, técnico da Associação.

“Os produtores têm aproveitado os programas de reconversão de vinha para as modernizarem, e com isso aumentar a produção. No entanto, é possível continuar a encontrar vinhas de ‘Castelão’ com mais de 80 anos”.

Ou seja, do ponto de vista da mecanização, iniciou-se o uso de máquinas de podar e expandiu-se o uso de vindima mecânica, preferindo-se também a utilização mais frequente de alfaias de controlo de infestantes em detrimento do uso de herbicidas. “Alguns agricultores têm adquirido sondas de humidade de solo, mas de uma maneira muito geral não se têm observado grandes inovações tecnológicas na forma como se acompanha a vinha. O uso de fotografias de satélite é utilizado pela AVIPE como forma de zonar a vinha e este ano procedeu-se ao mapeamento da condutividade elétrica da vinha como forma de demonstração aos agricultores e fizeram-se as primeiras análises de microbioma de solos (…).

Leia o artigo em completo na edição de abril 2021.

Clique aqui ↓ subscreva a nossa revista e adquira este e outros artigos exclusivos: