Evento realizado Floresta

Projeto GEFRECON promove debate sobre agrupamento de proprietários florestais

A primeira Mesa de Trabalho, designada “O agrupamento como forma de gestão eficiente de propriedades florestais | Desafios e oportunidades” irá ter lugar no dia 08 de junho, pelas 10h00, via plataforma GoToMeeting.

〈 02/06/21 〉

A RNAE – Associação das Agências de Energia e Ambiente (Rede Nacional) é um dos parceiros do projeto de cooperação territorial transfronteiriça GEFRECON, Gestão Florestal Conjunta. O projeto GEFRECON pretende promover a Gestão Florestal Conjunta tendo como finalidade a redução do risco de incêndio florestal no território POPTEP.

É um projeto cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa INTERREG V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020, e aborda uma temática de grande preocupação no território transfronteiriço que é a gestão de riscos relacionados com o clima, e mais concretamente, a redução do risco de incêndio florestal, através da mobilização de recursos e promoção para que se alcance a gestão de territórios florestais.

Para abordar esse objetivo, o projeto desenvolverá ações conjuntas inovadoras com vista à redução do risco de incêndio florestal, através do desenvolvimento e implementação de planos conjuntos, sensibilização da população, informação e formação em autoproteção e promoção de empresas florestais.

Uma das atividades do projeto visa a organização, por parte da RNAE, de duas Mesas de Trabalho para discutir a importância da promoção do agrupamento de proprietários florestais.

Esta primeira Mesa de Trabalho vai incidir no território da Beira Interior, sendo organizada em parceria com a ENERAREA – Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior, que também é parceira do projeto GEFRECON.

Com a organização desta Mesa pretende-se contribuir para impulsionar uma gestão florestal agrupada e organizada, incentivando os proprietários privados, que detêm a maioria das propriedades (maioritariamente de pequena ou muito pequena dimensão) a aderirem a modelos de gestão e exploração coletivos, contribuindo, também, para a prevenção do risco de incêndio florestal.

O evento é gratuito, contudo a inscrição é obrigatória, devendo ser efetuada aqui: https://cutt.ly/UnhRRoI