Política Agrícola

Presidente do Governo enaltece papel da Unicol e garante diálogo com o setor agrícola

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, marcou presença na sexta-feira na sessão que marcou os 75 anos da Unicol, parabenizando a cooperativa e garantindo uma política de diálogo permanente com o setor, “parceiro de privilégio” para o desenvolvimento da Região.

〈 19/06/21 〉

“A agricultura não é no projeto de desenvolvimento dos Açores uma coisa do passado, do pretérito, que tem apenas um olhar governativo de condescendência. Não. A agricultura é para o Governo Regional essencial, parte identitária da vivencia e sobrevivência dos Açorianos e de quem connosco quis fazer vida”, sublinhou o governante.

José Manuel Bolieiro esteve na cerimónia, tida na ilha Terceira, juntamente com o Vice-Presidente do Governo, Artur Lima, e o Secretário Regional com a tutela da agricultura, António Ventura.

Para o Presidente do Governo, os Açores distinguem-se pelos seus “produtos de valor acrescentado”, uma mais-valia que garante competitividade ao setor.

“Não podemos ter a ilusão de que é pela quantidade que somos competitivos. É pela qualidade, é pelo valor acrescentado de cada produto, pela excelência”, disse.

Aumentar o rendimento líquido dos produtores, através de “trabalho em conjunto e diálogo”, é também um objetivo estratégico, sendo ainda desígnio potenciar uma cadeia de valor com “riqueza produtiva, transformadora e distribuidora”.

José Manuel Bolieiro lembrou ainda a redução de impostos já concretizada pelo XIII Governo dos Açores e que irá beneficiar famílias e entidades, também no setor agrícola.

“Os Açores, cada uma das nossas nove ilhas, são também, na sua identidade, agricultura”, concretizou.

Informação disponibilizada pelo Governo Regional dos Açores.