Agrociência

Sabugueiro (Sambucus nigra L.) Virtudes e uso medicinal

Figura 1. O Sambucus nigra L.

O Sabugueiro é uma planta com muitos atributos terapêuticos e medicinais, o que a torna bastante considerada na prática clínica, em terapêuticas não convencionais, como a Fitoterapia e a Naturopatia, fazendo parte da composição, em fórmulas, ou isoladamente.

Praticamente todas as partes da planta (folhas, flores, frutos e casca) são utilizadas, com exceção da raiz. É encontrado facilmente, pela via de indústrias como a da suplementação, farmacêutica, cosmética, alimentação, na forma de produtos, através da comercialização ao público.

No mercado, podemos obter as flores secas, extratos líquidos e secos, sprays, rebuçados, bebidas à base dos frutos ou bagas, compotas, entre outros produtos. Na gastronomia as flores e as bagas têm imensas aplicações, podendo entrar em variadíssimas receitas: tartes, geleias, bolos, gelados, marmelada, iogurtes, refogados, bebidas, como corante alimentar natural de tonalidade vermelha (a cor resulta das antocianinas presentes nas bagas), elemento decorativo. É necessária uma ressalva, os frutos devem ser ingeridos, apenas maduros e após sofrerem cozedura, porque quando estão verdes podem ser tóxicos.

Em cosmética, a infusão de sabugueiro é usada para aclarar e suavizar a pele, em cremes contra rugas, loções tónicas e loções para os olhos. A madeira por ser macia e oca, entra como fonte de matéria-prima na construção e fabrico de alguns instrumentos musicais.

No seu estado natural conseguimos apreciá-lo ao longo do ano, em diferentes fases do ciclo da planta, no seu estado livre, onde frequentemente o vemos a ladear terrenos, servindo de sebes, ou junto a zonas com água. Na primavera, quando floresce, embeleza a paisagem e permite-nos usufruir de um aroma agradável, fresco e frutado e, no final do verão, ou início do outono, as flores originam os frutos, que ao amadurecerem, escurecem e atraem algumas espécies de aves (…).

Leia o artigo completo na edição de junho 2021.

Autoria: Ana Lorena 1 & Ana Isabel Cordeiro2

  • 1 Naturopata. Direção Clínica Espaço ANEROL.
  • 2 Departamento de Ciências Agrárias e Veterinárias, Instituto Politécnico de Portalegre.
  • ana_cordeiro@ipportalegre.pt

↓ Subscreva a nossa revista mensal e tenha acesso a este e outros artigos exclusivos: