Na primeira pessoa

❝ Temos de partilhar informação e as nossas experiências ❞

Rolando Martins, Associação Nacional de Produtores de Mirtilo (ANPM)

〈 30/06/21 〉 

“O papel da Associação Nacional de Produtores de Mirtilo (ANPM), é de tentar aliviar o tempo que o produtor gasta, já que é de facto uma energia doida que o produtor gasta com outros assuntos quando na verdade deverá estar focado na produção.

Nós temos “n” constrangimentos, este ano então está a ser muito difícil arranjar mão de obra para a colheita. Neste sentido a associação tem desenvolvido esforços junto das instituições competentes para arranjar soluções dentro do quadro legal, sejam trabalhadores estudantes, sejam outras pessoas que estejam disponíveis para entrar no nossos pomares.

Por outro lado, como o preço não sobe, temos de reduzir os custos de produção, e este é outro papel que a associação tem desenvolvido, que passa por tentar arranjar formas de baixar os custos, quer energéticos, quer a nível dos fatores de produção, tornando-os portanto mais eficazes.

É verdade que temos condições para produzir fruta de boa qualidade, mas somos muito poucos num país muito pequeno, e se queremos competir com outros países grandes produtores, temos que nos juntar e partilhar informação e as nossas experiências para que não andemos a cometer sempre os mesmos erros”.