EMPRESAS & PRODUTOS Inovação

Interesse pelo bambu em Portugal tem sido crescente

Mariano Filannino investiu na cultura do bambu em Portugal há vários anos, concretizado na empresa AlenBambu, na região da Vidigueira.

Admite que hoje a empresa é conhecida a nível nacional e internacional e o interesse pelo bambu em Portugal tem sido crescente.

Já em 2019 o empresário de origem italiana avançava à nossa reportagem que chegar aos “300 a 400 hectares a nível nacional seria uma boa meta”. Dadas as crescentes preocupações com a saúde e segurança alimentar Mariano não tem dúvidas de que este alimento (rebento de bambu) vai entrar rapidamente nos hábitos alimentares, sobretudo sendo produzido na Europa, com todas as garantias que tal acarreta, estando em perspetiva de mais tarde vir a avançar para o Modo de produção Biológico.

O rebento é comercializado em conserva através do Consórcio Bambu de Itália, no qual a AlenBambu está inserido. Mas há inúmeras utilizações também para as canas/ madeira de bambu, que servem para produção de biomassa, celulose, madeira, chão flutuante, telhados, escovas de dentes, móveis (…).

↓ Este e outros artigos exclusivos na nossa edição de julho 2021.