Biotecnologia Evento

As cores da Biotecnologia

A biotecnologia está direta ou indiretamente em tudo o que existe à nossa volta, em praticamente todas as cadeias produtivas, em todos os processos industriais, nos produtos que diariamente consumimos.

〈  09 / 05 / 2022  〉

As possibilidades de uso direto e/ou indireto de biotecnologia nos setores industriais e no mercado são vastas ou mesmo infindáveis. Definida como “o uso de organismos vivos, ou parte deles, para a produção de bens e serviços”, a biotecnologia está dividida em quatro grandes áreas: verde (plantas e animais), azul (organismos de origem aquática), vermelha (saúde/medicina) e branca (processos industriais).

Para dar a conhecer as diferentes áreas da biotecnologia e as suas aplicações, o CiB – Centro de Informação de Biotecnologia realiza na manhã do dia 20 de maio o evento “As cores da Biotecnologia” – um conjunto de quatro palestras que terão início às 9h30 no Auditório do Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (Polo I).

Apresentado pelo Professor Doutor Jorge Canhoto, diretor do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra e Presidente do CiB, o evento terá como palestrantes a Doutora Sandra Correia, diretora do Departamento de Proteção de Novas Culturas do InnovPlantProtect, que falará do tema “Da cultura de tecidos à edição de genomas – oportunidades e desafios na procura de sistemas produtivos sustentáveis” (biotecnologia verde). O Doutor Rui Pereira, do A4F Algae For Future, irá falar sobre “A contribuição das algas para uma sociedade mais sustentável” (biotecnologia azul). A Doutora Ana Sofia Coroadinha, do iBET – Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica/ITQB NOVA – Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier, da Universidade NOVA de Lisboa, vai abordar o tema “Edição do genoma nos medicamentos de terapias avançadas” (biotecnologia vermelha). A última palestra será sobre “Celulose – Transformações sobre uma matéria-prima de excelência” e estará a cargo do Doutor Arménio Serra, do CEMMPRE, Departamento de Engenharia Química da Universidade de Coimbra (biotecnologia branca).

Este evento conta com o apoio do Centro de Ecologia Funcional do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra.

A participação é gratuita, mas exige inscrição prévia.