Agricultura Bio EMPRESAS & PRODUTOS Formação

Syngenta investe na formação da sua Distribuição sobre biosoluções para proteção das plantas

A 1ª sessão da Academia de Biológicos Syngenta reuniu os técnicos da distribuição Syngenta, a 3 de maio de 2022, em Óbidos, com o propósito de construir uma base de conhecimento sólida e duradoura sobre tecnologias e soluções biológicas para proteção das plantas inspiradas na natureza e validadas pela Ciência.

〈  09 / 05 / 2022  〉

A ambição da Syngenta é conquistar uma posição de liderança no mercado global de biológicos a médio prazo, com um portfólio de tecnologias diferenciadoras focadas nas necessidades dos agricultores, suportada por uma equipa dedicada ao desenvolvimento do mercado.

«O Pacto Ecológico Europeu, em conjunto com outros fatores já conhecidos, como a regulamentação e as exigências da cadeia de valor alimentar, vai alterar os sistemas de produção de alimentos tal como os conhecemos e a Syngenta, para dar resposta às necessidades atuais e futuras do mercado agroalimentar, tem em curso um forte investimento numa equipa pluridisciplinar dedicada ao desenvolvimento de soluções biológicas para proteção das culturas e saúde do solo e focada na transferência de conhecimento técnico para os clientes e parceiros», afirma Maria do Carmo Pereira, Biocontrols Product Manager para a Europa, África e Médio Oriente na Syngenta, acrescentando: «queremos ser reconhecidos como um parceiro de confiança, ágil e preferencial».

O objetivo da companhia é disponibilizar biosoluções inovadores, sustentáveis, eficazes e flexíveis que ajudem os agricultores a complementar os seus programas convencionais de proteção das culturas. Para tal, a Syngenta aposta no incremento da inovação, através de parcerias com startups para desenvolvimento conjunto de produtos, acordos com terceiras companhias e aquisição de empresas de I&D, como é o caso da italiana Valagro.

Atualmente, o portfólio de biosoluções da Syngenta em Portugal inclui os bioinseticidas Karate Trap® e Costar®, os biofungicidas Cuprantol Duo®, Taegro®, Cuprocol® e Thiovit Jet® e o bioestimulante Isabion®. A empresa prevê reforçar o seu portfólio em Portugal, durante o ano de 2023, com o lançamento de três bioinsecticidas e novos bioestimulantes que atuam nas plantas como probióticos e pré-bióticos.

A médio prazo, a ambição da companhia é apresentar ao mercado português oito novos bioinsecticidas e sete novos biofungicidas direcionados para as culturas hortícolas e fruteiras.

A Academia de Biológicos Syngenta é um fórum de formação para capacitar a equipa da Syngenta e as equipas do seu canal de distribuição com conhecimento sobre o mercado dos biológicos.

Nesta primeira sessão, em Óbidos, além de um enquadramento sobre soluções e tecnologias de biocontrolo disponíveis no mercado, a equipa da Syngenta partilhou informação sobre o contexto regulatório. Inês Santos, Regulatory Manager da Syngenta em Portugal, explicou os processos e tempos de homologação das substâncias ativas, matérias fertilizantes e bioestimulantes.

Veja aqui o vídeo resumo da sessão:

Subscreva a nossa revista mensal e mantenha-se atualizado: