Governamental Internacional Vinha & Vinho

Elsa Gonçalves nomeada presidente do grupo «Genetic Resources and Vine Selection»

A Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) elegeu, em Dijon, França, Elsa Gonçalves como Presidente do Grupo de Peritos «Genetic Resources and Vine Selection», para o triénio 2022-2024.

〈  informação publicada em 12 / 05 / 2022  〉

Elsa Maria Félix Gonçalves é professora auxiliar do Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa (ISA/UL) onde leciona, entre outras, as disciplinas de Genética, Viticultura, Genética Quantitativa e Melhoramento de Plantas. A atividade da sua investigação incide no desenvolvimento de métodos de seleção de videira, abrangendo um vasto leque de colaborações com instituições portuguesas e envolvendo a participação na gestão metodológica da Rede Portuguesa de Seleção de Videiras e da Associação Portuguesa para a Diversidade das Videiras (PORVID). É membro do Conselho Diretivo da Associação Portuguesa para a Diversidade das Videiras (PORVID) e membro do Grupo de Peritos Nacionais de Viticultura da Comissão Nacional da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (CNOIV).

A candidatura de Elsa Gonçalves à Presidência do Grupo de peritos GENET foi apoiada pela Delegação Portuguesa junto da OIV, tendo em conta o seu grande conhecimento e contributos dados na viticultura, em particular na área da genética.

No âmbito das eleições nas diferentes estruturas da OIV para o trénio-2022-2024, além de Elsa Gonçalves, é ainda de referir a eleição de Luís Peres de Sousa, como Presidente da Subcomissão «Uva de Mesa, Uva Passa e Produtos Não Fermentados da Videira».

Luís Peres de Sousa é professor da Escola Superior Agrária de Beja (ESAB) do Instituto Politécnico de Beja. No âmbito da CNOIV, é Presidente do Conselho Técnico-científico (CTC) e Coordenador do Grupo de Peritos Nacionais de Viticultura. Na OIV, tem mantido consecutivamente, desde 2006, um papel ativo e de relevo como Presidente e Vice-Presidente da “subcomissão de Uva de Mesa, Uva Passa e Produtos não Fermentados da Videira” da OIV, além de outros contributos dados no «OIV Award Jury».