Na primeira pessoa

❝ Na LIPOR, encarámos com muito rigor esta função de reportar, é um dever que já está no nosso ADN ❞

José Manuel Ribeiro, Presidente do Conselho de Administração da LIPOR

〈 06 / 06 / 2022 〉

“Na LIPOR, encarámos com muito rigor esta função de reportar, é um dever que já está no nosso ADN. Pelo 3º ano consecutivo, apresentamos um Relatório Integrado, um ato de pura transparência, que envolve e compromete toda a Organização, desde o Conselho de Administração, aos Dirigentes, Técnicos, Quadros Intermédios, Assistentes Administrativos e Operacionais.

Neste Relatório Integrado, apresentamos o nosso “filme” de 2021. Lembramos o que foi possível atingir, o que não pudemos – por razões válidas – alcançar, o empenho de todos numa gestão e num desempenho de EXCELÊNCIA, porque 2021 continuou a ser um ano de profunda incerteza, por via da pandemia que continua a assolar-nos. Também em 2021, e recordando o modo como encaramos a nossa Missão em 2020, toda a Organização assumiu o lema de “a LIPOR não PARA”. Efetivamente, foi isso que aconteceu.

Ao folhear este importante Documento de Gestão, verificamos que em 2021 continuamos sempre ativos – mas vigilantes – valorizando e tratando todos os resíduos urbanos produzidos na região. Não houve hiatos, antes pelo contrário, houve um esforço de manter sempre as infraestruturas em plena operacionalidade. Também não deixamos de arduamente arrancar com novos Projetos, novas Iniciativas, manter atividades formativas de Grupo, utilizando as plataformas digitais. A tudo recorremos para conservar o perfil de desenvolvimento sustentado que definimos para estes anos desafiantes que estamos a viver. Importa, por conseguinte, realçar as ações nos diferentes domínios que abarcamos e que queremos partilhar com todos os nossos Stakeholders.

No domínio da Governação, fruto do ato eleitoral para as Autarquias locais, que decorreu em setembro de 2021, a LIPOR cumpriu a obrigação de promover a indicação dos Autarcas nomeados pelas diferentes Câmaras Municipais para as representar na LIPOR e realizaram-se as eleições para a constituição dos Órgãos Sociais para o período 2021 – 2025. Estando a Assembleia Intermunicipal e o Conselho de Administração constituídos, fui eleito para a presidência do Conselho de Administração, o que muito me honra.

Gostaria de deixar, aqui, uma palavra de muito apreço aos Eleitos locais que terminaram funções na Associação de Municípios, pois honraram o compromisso de fortalecer, defender e projetar a LIPOR no panorama Nacional e Internacional. Bem hajam por esse Serviço à Comunidade.

No domínio da Missão e da Estratégia da LIPOR, para bem cumprir os compromissos a que nos vinculamos, estivemos onde tínhamos de estar. Fomos sensíveis ao apelo do Governo no sentido de promovermos, através de Boas Práticas, a concretização de Objetivos e Metas que nos foram traçadas.

Também não desperdiçamos as oportunidades que o Plano de Recuperação e Resiliência nos abriu. Em termos do PRR, estamos integrados em 5 consórcios, que se propõem contribuir muito positivamente para o desenvolvimento de setores tão diversos como o têxtil, o calçado, as tecnologias de informação, o setor vitivinícola, e as bio refinarias.

Dentro, ainda, da visão que definimos para nos “guiar” no futuro, estamos empenhados e a trabalhar ativamente em Projetos como:

  • Construção de uma unidade de Digestão Anaeróbia para valorizar 60.000 toneladas de biorresíduos;
  • Construção de um novo Centro de Triagem, automático, para o fluxo das embalagens;
  • A materialização de um Hub de Economia Circular, integrando um Parque Industrial e uma Incubadora de última Geração, nos terrenos de que dispomos na Póvoa de Varzim;
  • A montagem de um Centro de Excelência para a área dos Resíduos, promovendo o conhecimento e fomentando oportunidades no setor, visando a criação de valor para a LIPOR e os Municípios associados;
  • O aumento da capacidade de valorização energética na Central da Maia, construindo uma 3º linha de produção, com o objetivo de apoiar os Sistemas de Gestão de Resíduos da Região Norte para reduzirem a deposição de resíduos em Aterro.

Há, também, uma cultura de forte interação com os nossos Stakeholders, desde as Câmaras Municipais, aos Clientes de produto, aos Fornecedores, às Autoridades, aos Cidadãos em geral, sempre estiveram convocados por nós – e continuarão a sê-lo – para que o nosso Projeto possa criar valor partilhado.

O futuro é incerto, mas promissor. Na LIPOR, temos procurado interpretar sinais, avaliações prospetivas e tendências para construir uma Organização cada vez mais sólida, prestigiada, cumpridora dos seus deveres, transformadora, em resumo, solidamente preparada para esse futuro que ninguém conhece.

A 12 de novembro de 2022, a LIPOR comemorará 40 anos de profícua atividade em benefício de todos. A matriz pública da nossa Organização para isso nos remete, ao consideramos na nossa Estratégia corporativa, que à LIPOR cabe criar VALOR com a sua atividade e, por desígnio dos seus Associados – as Câmaras Municipais – e definição dos nossos Órgãos Sociais, em especial o Conselho de Administração, o Valor criado tem de ser adequadamente e com critérios claros e robustos, distribuído pelos Stakeholders que fazem parte do nosso ECOSSISTEMA. Comemorar 40 anos de atividade, significa que conseguimos, como Organização, vencer adversidades, ultrapassar crises, valorizar o nosso Capital Humano, rentabilizar os nossos ATIVOS, olhar para o FUTURO, percebendo na altura certa, a importância das alterações climáticas e de uma política de baixo carbono para a LIPOR, a importância da Economia circular e do potencial que é considerar um resíduo como um recurso, a importância da promoção da Biodiversidade, como fundamento à vida e à sustentabilidade do Planeta.

Acresce a tudo isto que a reflexão estratégica que a Equipa LIPOR realiza anualmente, apontou como muito aconselhável a redefinição do Modelo de Negócio da Organização, face à conjuntura do Mercado, às oportunidades que se anteveem e ao progressivo apagamento do atual modelo de “gestores de resíduos”, na sua expressão económico-financeira, na sua vertente de criação de valor, na sua configuração de estratégia com futuro e de futuro.

Percebe-se, portanto, a importância que vimos dando nos últimos anos à área de I&D, reforçando os Quadros Especialistas e definindo bem a Missão desta Unidade, como também à Sustentabilidade que se vê posicionada muito claramente como componente fundamental na reflexão e definição estratégica para a LIPOR”.

Para concluir, citaria Dale Carnegie “A melhor maneira de nos prepararmos para o futuro é concentrar toda a imaginação e entusiasmo na execução perfeita do trabalho de hoje”. Foi esse o foco da LIPOR em 2021. (102-14)


Informação relacionada:

LIPOR publica Relatório Integrado 2021

Subscreva a nossa revista mensal e mantenha-se atualizado: