Hortofruticultura Tecnologia

Explorações estão mais especializadas

De acordo com os dados mais recentes sobre a cultura da cerejeira, reunidos no Caderno Temático da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro sobre a cultura, verifica-se uma alteração das explorações frutícolas, com um incremento significativo na especialização produtiva, com o aumento da dimensão dos pomares, a introdução de novas cultivares e a adoção de tecnologias de produção mais intensivas e mais produtivas.

Depois das cerejeiras em flor terem feito o seu espetáculo de beleza, chega agora a hora das tão apetecidas cerejas, que timidamente vão surgindo nos mercados até ao auge da produção. Quando falamos deste fruto associamo-lo de imediato à Cova da Beira e de facto, de acordo com os dados mais recentes sobre a cultura, reunidos no Caderno Temático da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro – A produção de Cereja na Cova da Beira – é na Beira Interior e em particular na Cova da Beira que se verificam os indicadores mais significativos – apenas 13 % das explorações do continente, mas 41 % da respetiva área em 2019 (…).

→ Desenvolvimento completo na edição de junho 2022.

Subscreva já e receba todos os meses!
  • Revista Voz do Campo:

Edição de Junho ‘2022 ↓

Reportagem especial sobre a Cereja

 

Subscreva a nossa revista mensal e mantenha-se atualizado: