Agricultura Governamental

CAP – Apela ao Protesto Através de Reclamações Escritas Dirigidas à Ministra da Agricultura

A Confederação dos Agricultores de Portugal confirma que, à data de hoje e pela terceira vez, os agricultores portugueses voltaram a não receber qualquer pagamento das verbas da PAC. Nem um cêntimo.

〈 08 / 07 / 2022 〉

A Ministra da Agricultura comprometeu-se, no passado dia 21 de abril, que liquidaria antecipadamente uma determinada verba da PAC até 30 maio. Correu todo o mês de maio e no final prometeu que seria em junho. Decorrido este voltou a prometer que seria até hoje, mas nada aconteceu até ao momento. A situação e inadmissível e assume proporções insustentáveis.

Eduardo Oliveira e Sousa, Presidente da CAP

De acordo com Eduardo Oliveira e Sousa, Presidente da CAP: “A Ministra faltou, por três vezes, à palavra dada. Prometeu pagar e não cumpriu. O compromisso que publicamente assumiu levou a que milhares de agricultores tomassem decisões que, de outro modo, não tomariam. Em consequência da promessa da Ministra, os agricultores anteciparam decisões financeiras, firmaram contratos e encomendas junto de fornecedores e assumiram responsabilidades. As situações de incumprimento em que muitos agricultores se encontram, decorrem, diretamente, da falta de cumprimento da palavra da Ministra da Agricultura. Nesse sentido, recomendamos e apelamos que os agricultores que se sentem lesados por esta situação, exclusivamente causada pela promessa não cumprida da Ministra, que enderecem massivamente, por escrito, as suas queixas e indignações à própria Ministra, expondo as situações em que se encontram por terem agido na sequência do compromisso que assumiu e que, pela terceira vez, não cumpriu”.

A CAP irá, por isso, disponibilizar de imediato a todos os agricultores, através das suas associadas, uma minuta de mensagem para que estes protestos possam rapidamente começar a ser dirigidos à responsável por esta situação desesperante, mas evitável, em que os agricultores se encontram. Os agricultores são pessoas de bem, merecem respeito e reconhecimento.

Minuta, para envio por mail, à Ministra:

→ Minuta de carta a dirigir à ministra

 

Informação relacionada:

Ministra da Agricultura, pela segunda vez, falta à palavra dada

Subscreva a nossa revista mensal e mantenha-se atualizado: