EMPRESAS & PRODUTOS Exportações

Exportações do Lidl representam 2% das exportações nacionais de produtos alimentares para a União Europeia

Ao participar pela primeira vez na Feira Nacional de Agricultura o Lidl teve como objetivo dar a conhecer aos visitantes todo o trabalho de parceria que desenvolve junto dos produtores nacionais, reforçando o seu contributo na dinamização e apoio à economia nacional.

“Ao longo dos nove dias da feira demos voz a diferentes produtores, que partilharam não só a sua experiência e conquistas alcançadas com o nosso trabalho conjunto, que tanto impacto positivo tem na sua atividade, como também os seus produtos típicos e regionais, através de ações de degustação”, resume Elena Aldana, Diretora de Assuntos Públicos, Comunicação e ESG do Lidl, à nossa reportagem.

Através deste espaço polivalente, os visitantes puderam assistir a apresentações de produtores nacionais e participar em provas de vinho, em ações de degustação e showcookings com o Chef Hernani Ermida. Dos participantes do programa ‘Da Minha Terra’ do Lidl – que procura apoiar pequenos produtores regionais – aos produtores de carne alentejana ou açoriana, passando pelas frutas e os legumes mais frescos e de regiões certificadas, foram muitos os produtos nacionais dados a conhecer neste espaço.

Apresentação do estudo “O Impacto das Exportações do LIDL na Economia Nacional”, elaborado pela consultora KPMG e que contou também com o apoio da PortugalFresh

A par do stand próprio, marcou também presença com um evento de apresentação do estudo “O Impacto das Exportações do Lidl na Economia Nacional”, elaborado pela consultora KPMG e que contou também com o apoio da PortugalFresh, que avalia o impacto das exportações do Lidl nos produtores e na globalidade da economia nacional. Uma das conclusões é que as exportações do LIDL representam 2% das exportações nacionais de produtos alimentares para a União Europeia, levando produtos portugueses para 29 países e que, por cada euro gasto em produtos destinados à exportação, foram gerados 1,87 euros na economia portuguesa. Paralelamente, através destas exportações e de forma indireta, foram criados, quase 4600 empregos em Portugal.

Ainda segundo o mesmo estudo, em 2021, o Lidl Portugal ajudou a exportar 22.000 toneladas de frutas e legumes, 67 milhões de unidades de padaria e pastelaria, 8.000 toneladas de legumes e leguminosas enlatados, 16.000 toneladas de snacks, lanches e merendas, 2.000 toneladas de peixe e conservas e ainda 5,2 milhões de litros de vinhos e licores, entre muitos outros produtos.

Elena Aldana, Diretora de Assuntos Públicos, Comunicação e ESG do Lidl

Relativamente a Frutas e Legumes, a diversidade de produtos exportados triplicou face a 2018, com 19 artigos a serem consumidos além-fronteiras, entre os quais Pera Rocha (‘produto-estrela’ com 11.300 mil toneladas exportadas), Melão, Melancia, Laranja, Limão, Nectarinas, Pêssego, Ameixa, Alperce, Couve-Coração e Abóbora, entre outros. “Ainda em 2021, solidificámos a exportação de ‘Fruta de Caroço’, com o início da Exportação de Pêssego, Ameixa e Alperce, que se juntou à Nectarina, cuja exportação se iniciou em 2020″, sublinha Elena Aldana.

→ Aceda ao artigo completo publicado na edição de julho 2022 para mais informação.

Subscreva já e receba todos os meses informações exclusivas!
  • Revista Voz do Campo:

Edição de Julho ‘2022

Subscreva a nossa revista mensal e mantenha-se atualizado: