Grande Entrevista

❝ A Comissão é um espaço de diálogo, de interação e de expressão dos problemas e das aspirações dos setores que representa

Pedro do Carmo, presidente da Comissão de Agricultura e Pescas

As comissões permanentes são órgãos internos do Parlamento, que, neste caso, acompanham as questões relacionadas com a agricultura, as pescas, as florestas e a alimentação, podendo trabalhar no debate desses temas, na fiscalização do governo, no processo legislativo ou na audição de entidades dos setores.

É um espaço de diversidade democrática, debate e acompanhamento das realidades rurais e do potencial produtivo de aproveitamento da terra e do mar. Em entrevista o presidente da Comissão de Agricultura e Pescas, Deputado Pedro do Carmo, aprofunda um pouco mais sobre esta atividade e sobre o foco da Comissão na presente legislatura.

Qual é o foco da Comissão Parlamentar de Agricultura na atual Legislatura? Pode exemplificar?

O foco é manter a sintonia, a ligação e a interação com as realidades rurais, do mar como palco da atividade piscícola e dos desafios da alimentação, da sustentabilidade e da salvaguarda das dinâmicas das comunidades. Tudo isto sem perder de vista a nossa participação na elaboração da legislação, no debate entre os partidos e na fiscalização do governo. Por exemplo, a comissão tem acolhido os principais agentes do setor, tem visitado diversos certames que dão expressão ao melhor do nosso mundo rural e realiza regularmente iniciativas de proximidade com o país que produz alimentos, mantém tradições e ambiciona inovar na criação de novos produtos rurais.

Que “ponte” faz entre a Sociedade Civil e o Governo em funções?

A Comissão é um espaço de diálogo, de interação e de expressão dos problemas e das aspirações dos setores. Nessa medida, o espaço parlamentar é um palco de visibilidade dos obstáculos, das soluções e das ambições, entre os cidadãos, também representados pelos partidos, e o governo, que concretiza as políticas e as respostas. Como sempre, no respeito pela diversidade política, há muitos pontos de convergência em torno das áreas da comissão e procuramos ser ponte para a materialização de respostas (…).

→ Leia a entrevista completa na edição de julho 2022.

Subscreva já e receba todos os meses informações exclusivas!
  • Revista Voz do Campo:

Edição de Julho ‘2022

Subscreva a nossa revista mensal e mantenha-se atualizado: