Agrociência Investigação

A estévia: um substituto natural do açúcar

Figura 1. Plantas de estévia com três meses, que foram micropropagadas no Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior

Introdução:

A estévia (Stevia rebaudiana) é um arbusto perene da família Asteraceae, nativo do nordeste do Paraguai (Barbet-Massin et al., 2016).

Esta espécie tem sido usada como adoçante desde a década de 1940 e cultivada em todo o mundo (Cosson et al., 2019). As suas propriedades edulcorantes, conhecidas desde a antiguidade, são devidas ao alto teor de glicosídeos, sobretudo nas folhas, em concentrações de 4 a 20% da matéria seca (BarbetMassin et al., 2016). O esteviosídeo e o rebaudiosídeo A são os glicosídeos de esteviol com mais interesse para a substituição do açúcar.

O esteviosídeo é menos interessante que o rebaudiosídeo A, devido à sua menor solubilidade em água, menor capacidade edulcorante e por ter um gosto amargo final (Yadav et al., 2011).

A razão entre as duas substâncias (r = rebaudiosídeo A/ esteviosídeo), a concentração de glicosídeos e a produção de biomassa seca das folhas são parâmetros económicos importantes na avaliação dos genótipos de estévia, para a sua seleção com os objetivos de produção e de uso em programas de melhoramento genético. Os glicosídeos de esteviol são utilizados como aditivos alimentares naturais não calóricos de sabor adocicado, devido ao aumento da incidência da obesidade e de diabetes em todo o mundo. Além disso, estas substâncias têm propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias, antioxidantes, antivirais, cardiotónicas e diuréticas. Os esteviol-glicosídeos foram aprovados como aditivos alimentares na Europa, com o código E960 (UE, 2011). As folhas podem ser utilizadas diretamente ou as substâncias adoçantes podem ser extraídas e usadas em forma líquida ou em granulado/pó (…).

→ Leia o artigo completo na edição de julho 2022.

Autoria: Maria Margarida Ribeiro1,2,3,4, Joana Domingues 2, Tatiana Diamantino2, Conceição Vitorino1 José Carlos Gonçalves1,2,3
1Instituto Politécnico de Castelo Branca, Escola Superior Agrária (IPCB/ ESA), Castelo Branco. Portugal.
2Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior (CBPBI), Castelo Branco. Portugal.
3Centro de Estudos de Recursos Naturais, Ambiente e Sociedade (CERNAS), Instituto Politécnico de Castelo Branco. Castelo Branco, Portugal.
4Centro de Estudos Florestais (CEF), Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Lisboa, Lisboa, Portugal.

Referências bibliográficas →

Barbet-Massin C, Giuliano S, Alletto L, Daydé J, Berger M (2016) Towards a semi-perennial culture of Stevia rebaudiana (Bertoni) Bertoni under temperate climate: effects of genotype, environment and plant age on steviol glycoside content and composition. Genet Resour Crop Evol 63:685-694.

Cosson P, Hastoy C, Errazzu LE, Budeguer CJ, Boutie P, Rolin D, Schurdi-Levraud V (2019) Genetic diversity and population structure of the sweet leaf herb, Stevia rebaudiana B., cultivated and landraces germplasm assessed by EST-SSRs genotyping and steviol glycosides phenotyping. BMC Plant Biol 19.

EU (2011) Regulation No 1131 Commission Regulation 11 November amending Annex II to Regulation (EC) No 1333/2008 of the European Parliament and of the Council with regards to steviol glycosides.205-211. Lynch M, Ritland K (1999) Estimation of pairwise relatedness with molecular markers. Genetics 152:1753-1766.

Ribeiro MM, Sanchez L, Ribeiro C, Cunha F, Araújo J, Borralho N, Marques C (2011) A case study of Eucalyptus
globulus fingerprinting for breeding. Ann For Sci 68:701-714.

Yadav AK, Singh S, Dhyani D, Ahuja PS (2011) A review on the improvement of stevia [Stevia rebaudiana (Bertoni)]. Can J Plant Sci 91:1-27.

Ribeiro MM, Diamantino T, Domingues J, Montanari Í, Alves M N, Gonçalves JC (2021). Stevia rebaudiana germplasm characterization using microsatellite markers and steviol glycosides quantification by HPLC. Mol. Biol. Rep. 48:2573-2582.

Subscreva já e receba todos os meses informações exclusivas!
  • Revista Voz do Campo:

Edição de Julho ‘2022

Subscreva a nossa revista mensal e mantenha-se atualizado: