A Avicultura em Portugal nos últimos anos tem tido enormes oportunidades para crescer, empreender e se dinamizar. Nos últimos 20 anos os hábitos alimentares dos consumidores sofreram alterações significativas, colocando a carne de aves como o tipo de carne mais consumida em Portugal (45,2 kgs/habitante).

Segundo dados do INE, em 2022 produziram-se em Portugal 409,8 mil toneladas destas carnes (44,9% do total de produção de carne), consumiram-se um total de 470 mil toneladas de carne de aves (38,1% do consumo total de carnes), com os níveis de consumo dos últimos anos a revelar significativo comportamento crescente.

Num contexto de preocupação crescente com o ambiente e a sustentabilidade, existem vários fatores que favorecem a Avicultura, seja o menor índice de conversão da produção de carne de aves em comparação com outro tipo de carnes (quantidade de alimento necessária para produzir 1 quilo de carne, logo menor pressão sobre a produção de cereais), as opções de investimento que têm vindo a ser tomadas pelas empresas em fontes de energia renováveis, na diminuição do consumo de água, no tratamento dos efluentes líquidos e aposta na consolidação da economia circular.

Ver documento completo aqui

EDIÇÃO DE NOVEMBRO JÁ DISPONÍVEL