Estudos sobre a eficiência na utilização dos recursos para produzir mais com menos. A empresa DXAS – Agricultural Technology foi formada em Portugal a partir da junção de duas empresas japonesas, com “know-how” nas áreas da tecnologia e da agronomia.

Sediada em Lisboa e a operacionalizar maioritariamente no Ribatejo pelo facto de ser uma zona por excelência de produção de tomate de indústria, ou não fosse o Japão desde há muitos anos, um dos grandes consumidores de tomate português, e fidelizado pelas reconhecidas características deste nosso produto. A Lezíria do Ribatejo é onde se produz muito tomate de alta qualidade, e portanto, onde as soluções tecnológicas fazem cada vez mais sentido, pela obtenção de rápidas respostas às necessidades dos produtores que apresentam no seu dia a dia.

A tecnologia no setor agrícola torna-se cada vez mais imprescindível com vista à obtenção de bons resultados e de forma mais eficiente. É neste contexto que a DXAS tem levado por diante, vários estudos para ir de encontro à questão da eficiência na utilização dos recursos de modo a conseguir-se produzir mais com menos recursos.

Os dados da aplicação CropScope são processados e atualizados em tempo real

A DXAS Agricultural Technology desenvolve a aplicação CropScope, que reúne todos os dados recolhidos no campo, a partir, por exemplo de um sensor que mede a temperatura e humidade do solo, e outros através de uma estação meteorológica, casos da temperatura, vento, precipitação e humidade. Assim, a aplicação com todos estes dados, consegue obter as recomendações necessárias, sendo que ainda conta com o forte contributo da inteligência artificial (IA), para que no final possa efetivamente ajudar a otimizar recursos, maximizar a produtividade e reduzir custos.

Recorde-se que os dados da aplicação CropScope são processados e atualizados em tempo real, portanto em constante aperfeiçoamento, podendo ser inclusivamente consultados no computador ou no telemóvel. Com esta tecnologia da DXAS, são muitos os ganhos que os agricultores conseguem obter. Através das regas por Pulsos, é possível regar e fertilizar em pequenas quantidades, proporcionando à planta o necessário conforto hídrico e nutricional. O solo está sempre à capacidade de campo e o nível da fertilização, mantém-se sempre no estado de conforto nutricional da planta, uma vez que se fertiliza em todas as regas, sem haver portanto a lixiviação para os lençóis freáticos, levando no essencial a uma importante redução da aplicação de fertilizantes.

DXAS apresenta tecnologia CropScope e resultados de Campo Piloto

A DXAS Agricultural Technology, levou a cabo no passado dia 8 de novembro, na Quinta do Escaroupim em Salvaterra de Magos, um evento de final de campanha 2023, After Season Event.

A iniciativa contou com uma sala cheia de produtores e ilustres convidados japoneses que durante a manhã tiveram a oportunidade de assistir às várias apresentações compostas por painéis de discussão. Uma parte foi dedicada ao “CropScope”, com foco no seu comportamento em 2023 e novidades para 2024. Recorde-se que esta plataforma de Tecnologias da Informação e da Comunicação para a agricultura (TIC), fornece aconselhamento agrícola através de Inteligência Artificial (IA) e serviços de controlo automático de irrigação gota-a-gota por pulsos, um método de cultivo em que a quantidade de água e fertilizante necessários para uma cultura é administrada em várias porções, mantendo-se a quantidade ideal de humidade no solo, para a cultura. Uma outra parte da manhã foi dedicada à apresentação dos resultados do Campo Piloto de rega por pulsos, com o auxílio da inteligência artificial realizados em Portugal e Itália (…).

→ Leia o artigo completo na Revista Voz do Campo: edição de dezembro 2023