Com o objetivo de contribuir ativamente para a transformação do setor, em prol de um futuro (ainda) mais sustentável.

Decidida a ser, cada vez mais, um reflexo da evolução da indústria, a ANIPLA, anunciou ontem, num encontro que teve lugar no Templo da Poesia, em Oeiras, a mudança na sua identidade e imagem, mas também o alargamento da sua missão e âmbito de trabalho. A ANIPLA passa a designar-se por CropLife Portugal – Associação da Indústria da Ciência para a Proteção das Plantas, alargando o seu espetro de atuação e projetando no mercado uma visão mais completa das inovações, alternativas e novas tecnologias, desenvolvidas por uma indústria que contribui constantemente para um aumento e solidez da capacidade de resposta dos profissionais aos desafios globais.

A CropLife Portugal pretende «acima de tudo, afirmar-se como fonte de conhecimento, partilha e cooperação em prol do setor agrícola nacional, através da implementação de iniciativas e divulgação de soluções inovadoras que promovem uma agricultura de excelência em Portugal e que contribuem ativamente para o enriquecimento das ferramentas dos nossos agricultores», refere João Cardoso, Diretor Executivo da CropLife Portugal.

Com a mudança de imagem e o assumir de um posicionamento mais liderante, surge também a mudança na assinatura – «para quem pensa a agricultura do futuro» – espelho da intenção da Associação de reforçar a preocupação da indústria em mostrar que a agricultura moderna só pode ser sustentável se houver uma clara aposta na ciência e tecnologia (de modo a que os agricultores tenham à sua disposição as mais avançadas soluções para a proteção das suas culturas); e que é necessário e possível criar novos espaços de partilha, diálogo e capacitação, capazes de responder aos desafios atuais e futuros, tendo em conta as exigências de uma sociedade em rápida mudança e em clima de forte incerteza.

Ao abraçar esta transformação, a CropLife Portugal alarga o seu espetro de atuação, integrando as áreas do controlo biológico, da biotecnologia , de ferramentas digitais e agricultura de precisão, englobando assim uma gama mais ampla de soluções sustentáveis para proteção das culturas e disponibilizando aos agricultores maior conhecimento sobre as mesmas. Um ajuste que permitirá à CropLife Portugal « apresentar uma visão mais completa e integrada das soluções, inovações e tecnologias desenvolvidas por uma indústria que se preocupa com o desenvolvimento e fornecimento de produtos fitofarmacêuticos modernos e seguros; que investe em aplicações digitais e de precisão que permitem a previsão e monitorização da ocorrência de problemas nas culturas e ainda que que utilizam a biotecnologia vegetal para desenvolver sementes melhoradas, com características valiosas que beneficiem os agricultores, os consumidores e o ambiente», acrescenta o Diretor Executivo.

Num encontro que contou com a presença de associados, parceiros e entidades que têm estado ao longo dos anos a trabalhar lado a lado com a associação, Felisbela Torres de Campos, Presidente da CropLife Portugal, aproveitou o momento para reforçar que «como CropLife Portugal, continuaremos a trabalhar em estreita colaboração com os agricultores, com as autoridades reguladoras, com a comunidade científica e com a sociedade em geral. O nosso objetivo é claro: promover uma agricultura inteligente e sustentável, que procura a excelência na eficiência e na responsabilidade no uso dos recursos», referiu. Concluindo ainda que «estaremos na vanguarda dos debates sobre políticas agrícolas, sobre a regulamentação das diversas soluções para a proteção das culturas, e sobre a importância da ciência na tomada de decisões informadas».

Ronan de Hercé, diretor-geral da Syngenta em Portugal e Espanha, participou na cerimónia e desejou muito sucesso à CropLife Portugal

Foi ainda neste encontro que a CropLife Portugal anunciou o lançamento do seu novo website, que não só acompanha a mudança de identidade e imagem, como se assume, cada vez mais, como uma plataforma de partilha de conteúdos, notícias e informação relevante para os profissionais do setor e para todos os que fazem questão de acompanhar a evolução e trabalho contínuo da indústria em prol de uma alimentação (cada vez mais) segura e sustentável.

One thought on “ANIPLA agora é CropLife Portugal

Comments are closed.